Translate

Custom Search
-

sábado, 30 de janeiro de 2016

Como calcular o preço do seu artesanato e valorizar seu trabalho


Bom dia meninas e meninos!
Hoje trouxe para vocês um ótimo artigo do site E-commercebrasil direcionado para quem trabalha com artesanato. Ele ensina em detalhes como devemos calcular o preço para venda do produto confeccionado.
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, um lindo fim de semana abençoado por Deus.

Fatores importantes para calcular o preço do seu 
artesanato e valorizar seu trabalho

POR: JOSÉ ABUCHAEM
QUINTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2016

PRECIFICAÇÃO

É necessário saber valorizar o seu trabalho, pois seu tempo e sua habilidade também são muito importantes e custam dinheiro. Você precisa ter o controle e saber exatamente o porquê do preço escolhido – podendo ainda tomar decisões conscientes na hora de oferecer um desconto ou um frete grátis, por exemplo.

Nesse sentido, uma das maiores dificuldades de quem faz artesanato é saber quanto de fato vale o seu produto. Isso porque, além do custo com matéria-prima, há alguns gastos não tão palpáveis assim, como custos fixos, horas de trabalho, melhorias no ateliê, entre outras coisas.

Além disso, o valor do seu artesanato depende muito do preço do produto no mercado, sua habilidade e experiência. Quanto mais técnica, perfeição e demanda o seu trabalho tem, mais você pode cobrar por ele. A seguir, vejamos alguns pontos que devem ser considerados:

Investimento inicial

Caso você tenha decidido levar sua produção de artesanato adiante e transformá-la em um negócio, é necessário fazer um investimento inicial. Por menores que sejam, esses gastos são fundamentais e devem estar no seu planejamento financeiro para que você saiba se está vendendo o suficiente para cobri-los.

Suponhamos que você crie bonecas de pano artesanais e, para começar a trabalhar, precisou adaptar um cômodo da sua casa e fazer uma reforma em seu ateliê, gastando R$ 3000 com isso. Depois, você investiu R$ 300 em uma máquina de costura e mais R$ 1500 no marketing digital para promover sua loja online. Seu investimento inicial, portanto, foi de R$ 4800.

Calculado o montante, é importante definir em quanto tempo você deseja pagar por ele. Em nosso exemplo fictício, vamos estabelecer uma meta de dois anos. Portanto:

R$ 4800 (investimento inicial) ÷ 24 meses = R$ 200

O que isso significa? Que, para que você não tenha prejuízo, suas vendas mensais devem atingir o valor mínimo de 200 reais.

Você não precisa colocar esse investimento no custo do produto, mas deve tê-lo sempre em mente para calcular a quantidade da sua produção e venda. Se não atingir essa quantia mínima durante o mês, quer dizer que o seu negócio ainda não começou a “ser pago”.

Custos fixos

Há outros custos que também devem ser registrados para um maior controle. Tratam-se dos gastos fixos que você terá mensalmente para manter seu ateliê funcionando: internet, energia elétrica, mensalidade da plataforma virtual, aluguel do espaço, entre outros.

Considerando que nosso ateliê fictício funciona em casa e não temos gasto com aluguel, vamos considerar que nosso custo fixo é de 300 reais mensais.

Valor da hora

Assim como em qualquer outra profissão, você deve ganhar pelo tempo que investe no trabalho. E esse tempo inclui não apenas o momento da confecção da peça como também o utilizado para comprar a matéria-prima, atender os clientes, fechar pedidos e cuidar da loja virtual.

Quantas horas por dia você está disposto a trabalhar? Caso essa seja sua única atividade, recomendamos que separe cerca de oito horas por dia, de segunda a sexta-feira. Como um mês tem geralmente 22 dias úteis, isso seria cerca de 176 horas mensais.

Depois dessa análise, estipule qual seria o seu salário pelas horas trabalhadas. Se estiver começando e ainda não há tanta procura pelo seu produto, recomendamos que encontre um valor entre R$ 1000 e R$ 2000.

Em nosso exemplo escolhemos um salário de R$ 1200, mas vamos adicionar um extra que será dedicado a melhorias como cursos de aperfeiçoamento e alguns materiais que precisaremos comprar. Calculemos então mais R$ 100 por mês.

Então, só precisamos fazer a conta para saber o valor da hora:

R$ 1200 (salário) + R$ 100 (melhorias) ÷ 176 (horas por mês) = R$ 7,38

Nesse caso, arredondando, o valor inicial da sua hora de trabalho seria de R$ 7,40.

Gastos com matéria-prima

Chega então o momento de calcular o valor de cada produto. Para isso, você precisa saber quanto gasta de matéria-prima e incluir também os gastos com a embalagem.

Vamos supor que o tecido que você utiliza para as suas bonecas custe R$ 20 o metro, e que para cada boneca você precise de aproximadamente 10 centímetros de tecido. Isso quer dizer que você gasta R$ 2 de tecido com cada boneca. Faça essa conta com todos os materiais necessários para fabricar seu produto, incluindo itens como cola, papel para molde etc.

Nossa boneca do exemplo custa, em média, R$ 15 para ser fabricada. Agora, vamos calcular o preço de custo.

Fórmula para calcular o preço de custo

Para chegar no preço de custo, você pode incluir os seus gastos fixos, definir quantas peças pode produzir por mês e seguir a seguinte fórmula:

(Custo fixo ÷ número mensal de peças) + gastos com matéria-prima = preço de custo

Supondo que o número de peças que vamos produzir por mês seja 35 e considerando todos os outros dados, nosso preço de custo é de R$ 23,57.

Definindo o preço de venda

Após definir quanto custa o seu produto, você precisa estipular a que preço vai vendê-lo para obter um lucro justo. Por isso, a sua hora trabalhada conta muito. O próximo passo é saber quantas horas em média você gasta para produzir cada peça e multiplicar esse número pelo valor da sua hora.

Em nosso exemplo, produzimos cada boneca em quatro horas, então o tempo de produção vale em torno de R$ 29,60. Somando esse número ao preço de custo obtido acima, chegamos ao preço de R$ 53,17.

Pronto! Agora você já sabe quanto deve custar o seu produto. Lembre-se, contudo, de que esses valores podem variar bastante. Por fim, se você deseja vender online, tente testar a plataforma por 15 dias grátis. Depois do teste, se você optar por continuar com o serviço. Experimente e nos conte o que achou!

Fonte: E-commercebrasil

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Quadro dos Super-Heróis Vingadores em Ponto Cruz

Bom dia meninas e meninos!
Hoje começaremos a semana com o "Quadro dos Super-Heróis Vingadores em Ponto Cruz". São cinco gráficos com o Super-Homem, Homem Aranha, Homem de Ferro, Capitão América e Batman para bordar nas roupas e acessórios das crianças. Com certeza fará a alegria da criançada!
Estes lindos gráficos são da (ideeapuntocroce).
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, uma linda semana abençoada por Deus.







Os benefícios das atividades artesanais para a saúde

Bom dia meninas e meninos!
Hoje trouxe para vocês este ótimo artigo do site Hypescience sobre os benefícios do tricô e outras atividades artesanais para a nossa saúde. Eu não sei tricotar, por enquanto só sei bordar ponto cruz - que é uma arte que eu amo -, mas quem sabe no futuro eu aprendo tricô e crochê também.
Para você que anda estressada (o), depressiva (o), procura algo para relaxar, leia este artigo e se inspire, aprenda algum artesanato e seja mais feliz!
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, um lindo dia abençoado por Deus.


Os benefícios de saúde do tricô

Se você está procurando um novo hobby, considere tricotar. Pode parecer algo “ultrapassado” ou “chato”, mas na realidade a atividade pode ser muito satisfatória e ter uma série de benefícios a saúde.
É o que pensa Jane Ellen Brody, autora americana que já publicou várias obras sobre ciência e nutrição, e que possui uma coluna sobre “Saúde Pessoal” no The New York Times. Escrevendo para o jornal, Jane explicou que o tricô está “na moda” novamente e que suas vantagens são muitas.

É como meditar

Nos EUA, tem havido um ressurgimento do tricô e outros artesanatos, e não apenas entre pessoas idosas. O Craft Yarn Council, um conselho nacional sobre artesanatos, relata que um terço das mulheres com 25 a 35 anos agora faz tricô ou crochê. Mesmo homens e crianças estão experimentando a arte.
O interesse é justificado. Ao que tudo indica, o tricô tem o poder de relaxar as pessoas. De acordo com o Dr. Herbert Benson, pioneiro em medicina mente e corpo e autor de “A Resposta do Relaxamento”, diz que a ação repetitiva de tricotar pode induzir um estado de relaxamento como a associada com a meditação e yoga.
Uma vez que você passa da fase de aprendizagem, atividades como tricô e crochê podem diminuir a frequência cardíaca e pressão arterial e reduzir os níveis sanguíneos nocivos do hormônio do estresse cortisol. 13 chaves para uma vida mais calma

Bônus

Ao contrário de meditação, atividades artesanais também resultam em produtos tangíveis e muitas vezes úteis que podem melhorar a autoestima das pessoas. Jane, por exemplo, gosta de ter fotos dos produtos que cria no seu celular, para impulsionar seu ânimo quando sente que precisa.
Desde os anos 1990, o Craft Yarn Council faz um levantamento com centenas de milhares de pessoas, que rotineiramente listam alívio do estresse e realização criativa como os principais benefícios das atividades artesanais. Neste levantamento, o pai de um bebê prematuro relatou que, durante o tempo que a filha passou na unidade de terapia intensiva neonatal, aprender a tricotar foi o que lhe deu um senso de propósito em um momento no qual ele se sentia muito impotente.
O hobby continuou a ajudá-lo mais tarde na vida, a lidar com o estresse no trabalho, proporcionar uma sensação de ordem em dias agitados e dar tempo ao seu cérebro para resolver problemas.

Não para por aí

As recompensas de tricotar podem ir além de aliviar estresse e ansiedade com a satisfação de criação. Por exemplo, Karen Zila Hayes, uma coach de estilo de vida de Toronto, no Canadá, realiza vários programas de terapia com tricô, incluindo “Tricô para Largar” para ajudar os fumantes a abandonar o hábito, e “Tricô para Curar” para pessoas que estão lidando com crises de saúde, como um diagnóstico de câncer ou doença grave de um membro da família.
As escolas e prisões com programas de artesanato também relatam que as atividades têm um efeito calmante e melhoram as habilidades sociais, já que são feitas em grupo. Ter de seguir instruções complexas ainda pode melhorar as habilidades de matemática das crianças. Algumas pessoas inclusive acham que o artesanato ajuda a controlar seu peso.
Assim como é um desafio para qualquer pessoa fumar enquanto tricota, quando as mãos estão segurando agulhas, também se torna complicado comer e pensar em comer só por tédio. Para Jane, o trabalho manual foi de grande ajuda com seus dedos artríticos. Ela sentiu que eles se tornaram mais hábeis. Uma mulher encorajada a tentar tricô e crochê depois de desenvolver uma doença autoimune que causou muita dor na sua mão também relatourrno site do Craft Yarn Council uma melhora.

Ocupa a mente

Um estudo de 2009 da Universidade de British Columbia (Canadá) com 38 mulheres com transtorno de anorexia nervosa que aprenderam a tricotar revelou que o ofício levou a melhorias significativas. 74% das mulheres disseram que a atividade diminuiu os seus medos e as impediu de ruminar sobre seu problema.
Betsan Corkhill, coach de bem-estar da Inglaterra, criou um site chamado Stitchlinks para explorar o valor do que ela chama de “tricô terapêutico”.
Entre seus entrevistados, 54% dos clinicamente deprimidos disseram que tricô era uma atividade que os fazia se sentir feliz ou muito feliz. Em um estudo com 60 pessoas com dor crônica, Corkhill e seus colegas concluíram que o tricô permitia que as pessoas redirecionassem seu foco, reduzindo a sua percepção da dor. Pode ser que o artesanato “ocupe a mente”, tornando mais difícil para o cérebro registrar os sinais de dor.

Ou até faz bem para a mente

E há ainda algumas pesquisas que sugerem que tricô e crochê podem ajudar a evitar um declínio na função do cérebro com a idade.
Em um estudo de 2011, pesquisadores liderados pelo Dr. Yonas Geda, psiquiatra na Clínica Mayo, nos EUA, entrevistaram 1.321 pessoas com idades entre 70 e 89, a maioria cognitivamente normal, sobre as atividades nas quais se engajavam.
O estudo, publicado no Journal of Neuropsychiatry & Clinical Neurosciences, descobriu que aqueles que se envolviam em artesanato como tricô e crochê tinham uma chance reduzida de desenvolver transtorno e perda de memória cognitiva leve. Embora seja possível que apenas pessoas cognitivamente saudáveis busquem essas atividades, aqueles que liam jornais ou revistas ou tocavam música não mostraram benefícios similares.
Os pesquisadores especulam que as atividades artesanais promovem o desenvolvimento de vias neurais no cérebro que ajudam a manter a saúde cognitiva. Em apoio a essa sugestão, um estudo de 2014 da Universidade do Texas em Dallas, nos EUA, demonstrou que aprender a tricotar uma colcha ou fotografar levava a uma melhora na função de memória em adultos mais velhos.
Os que se envolveram em atividades que não eram intelectualmente desafiadoras não viram tais melhorias. [NYTimes]

Fonte: Hypescience

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Cozinha com Cerejas e Morangos em Ponto Cruz

Bom dia meninas e meninos!
Tudo bem com vocês? Espero que sim. Eu estou bem graças a Deus.
Hoje começaremos a semana na "Cozinha com Cerejas e Morangos em Ponto Cruz". São quatro gráficos com estas lindas frutas para bordar jogos de cozinha (panos de prato, bate-mão, puxa-saco, etc...). Foram feitos em tecido de tom mais escuro para realçar as cores do bordado. É um belo modo de decorar e alegrar nossa cozinha!
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, uma linda semana abençoada por Deus.

Obs.: Tenho recebido muitos e-mails, mensagens e pedidos mas infelizmente não estou conseguindo respondê-las, pois continuo com minha vida corrida por motivo de doença: pai e marido. Me desculpem amigas e amigos que visitam este Blog.






quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Quadro com Tomates em Ponto Cruz

Bom dia meninas e meninos!
Hoje trouxe para vocês o "Quadro com Tomates em Ponto Cruz". Este é um belo gráfico para bordar e decorar a cozinha.
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, um lindo final de semana abençoado por Deus.

















segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Gráficos de Ponto Cruz para Trilho de Mesa

Bom dia meninas e meninos!
Tudo bem com vocês? Espero que sim. Eu estou bem graças a Deus.
Hoje começaremos a semana com os "Gráficos de Ponto Cruz para Trilho de Mesa". São cinco gráficos com lindos desenhos florais e de frutas para bordar nas toalhas.
Espero que vocês gostem e aproveitem.
Millll beijinhos, uma linda semana abençoada por Deus.






segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Alfabeto dos Super-Heróis Vingadores Baby em Ponto Cruz

Bom dia meninas e meninos!
Tudo bem com vocês? Espero que sim. Eu estou bem graças a Deus.
Hoje começaremos a semana com o "Alfabeto dos Super-Heróis Vingadores Baby em Ponto Cruz". É a complementação dos gráficos super fofos que fizeram sucesso na postagem passada! Eu estou apaixonada por eles 😍
Aqui estão novamente o Flash, Lanterna Verde, Batman e Robin, Homem de Ferro, Super-Homem, Capitão América, Homem Aranha, Senhor Fantástico, Thor e o Incrível Hulk.
Estes lindos gráficos são da (ideeapuntocroce).
Espero que vocês gostem e aproveitem também.
Millll beijinhos, uma linda semana abençoada por Deus.












oo

Lembretes

Como Salvar os Gráficos: Todos os gráficos vocês podem copiar a vontade, é só clicarem em cima do gráfico que ele se abrirá em outra página, cliquem com o lado direito do mouse, depois cliquem em "salvar imagem". Salve na pasta "Meus documentos" do seu computador, assim ficará fácil de achá-los.
Como Salvar Gráficos deste Blog que abrem no Picasa: Para salvar o gráfico que abrir no album Picasa, é só clicar em "Fazer download" do lado esquerdo superior e salvar em seu computador.
Gráficos sem Tabela de Cores: Os gráficos que eu postar aqui e que não estiverem com a tabela de cores, é porque eu não os tenho mesmo. Mas muitos dos gráficos podemos improvisar e usar cores semelhantes ao do desenho. Obrigada.

Pesquise

Pesquisa personalizada